terça-feira, 28 de junho de 2011

O medo da mudança!

Temos medo do arrependimento por ter mudado, ter escolhido algo diferente e totalmente contrário ao que era esperado antes da escolha e ter que começar do zero. Mas o que a maioria das pessoas não percebe, é que, é muito pior o arrependimento causado pela inércia, por não ter tentado, não ter tomado uma atitude de iniciativa perante as situações de decisão. O sabor amargo do será que daria certo? Seria benéfico? Maléfico? Estaria agora nas nuvens por ter feito uma escolha correta? Ou tendo que retomar a direção por uma decisão equivocada? São muitos os questionamentos, as dúvidas, mas, caro amigo leitor, acredito muito no poder da decisão, da atitude, da dádiva da escolha e que mesmo não sendo uma decisão que melhore sua vida, ela vai te levar a um outro lugar, diferente daquele em que se encontrava antes da tomada de decisão. Essa possibilidade de mudança é incrível e altamente pessoal! 
A primeira e grande barreira a ser vencida por quem procura pela mudança, seja ela em qualquer aspecto da vida, é o medo. O medo do desconhecido é algo que assusta e faz com que as pessoas desistam de sair da sua zona de conforto. Nos sentimos desafiados, confusos, angustiados, perdidos. Até que em um dado momento essa fase transitória se vai e vem a clareza de onde se chegou e até que ponto a mudança de fato pode ser sentida.